Como montar seu próprio roteiro de viagens: Planejamento de viagem

Diversas pessoas me perguntam, como eu faço, quanto gasto, onde acho os destinos para conhecer.

Nesse post, vou detalhar o que faço.

Observação, o que vou detalhar não é uma regra, pode ser adaptada e cada mochileiro tem uma estratégia de viagens pelo menos eu uso o Google pra fazer isso.

Basicamente sigo os passos nessa ordem:

– Escolha do destino
– quais são as atrações turisticas desse destino.
– Passagens aereas
– período de viagem
– hotel / albergue / pousada
– transporte
– Alimentação
– seguro viagem

Algumas vezes por alguma questão de transporte, hotel, passagem aérea ou até a epoca do ano acaba inviabilizando o passeio ao destino. Mas esses são casos pontuais, que resolvo procurando outro destino.

Feita a escolha do destino é feito um levantamento inicial dos demais pontos turísticos do destino.

Para as passagens aéreas:
como já comentei em outros posts, prefiro as passagens que tenham conexão.

Tipos de voos:
Voo direto: é aquele que você embarca na origem e só desembarca no destino final.
Voo com escala: é aquele que antes de chegar no destino faz uma parada para desembarque / embarque de passageiros.
Voo com conexao: é aquele que antes de chegar no destino faz uma parada , onde é obrigatoria a troca de aeronave.

Atenção: caso seu voo seja de conexão ou escala, mesmo que você não pretenda ficar nesse destino intemediario, e se nesse destino intermediário você precise de um visto poderá ter problemas.
Ex.: não existe voos direto para Bahamas, antes de chegar lá, faz uma conexão em Miami, onde é necessário o visto americano.

Voltando ao assunto inicial do post, prefiro os voos com conexão, pois é possível ficar nesse destino intermediário alguns dias sem custo. Isso é claro se houver disponibilidade de voos nas datas escolhidas.

Eu particularmente gosto de estudar as várias opções de conexão para poder conhecer mais destinos.

As passagens aérea, na maioria das vezes é um dos pontos que geram o interesse de viajar para algum destino pontual, dependendo do desconto da cia aérea.

Sempre tente antecipar ao máximo o Checkin, geralmente com 48 horas antes do vôo ja é possível fazer. Eu nunca fui uma pessoa pontual, mas perder um vôo por chegar atrasado ao aeroporto ou não ter feito o checkin com antecedência é uma situaçao triste e cara.

Importante, nessa etapa ainda não é o momento de comprar a passagem, devemos somente registrar as informações do vôo ( valores, horários, número do vôo, conexões).

Périodo de viagem
Esse ponto é importante e esta amarrado aos outros pontos iniciais. Não é somente a preocupação com seu período de férias, algumas vezes o destino final ou o da conexão não tem tantos atrativos turisticos , não compensando ficar mais do que 2 dias. Então é feito um estudo mais detalhado entre o destino final, destino das conexões, atrações turísticas, passagens aéreas, hospedagem com as datas que temos. Sempre deixe alguns dias de livres, eu gosto de deixar 2 dias para caso tenha problemas. É um risco muito grande ficar com um cronograma apertado, aqui no blog na parte de dicas tem meus históricos de problema com calendários apertados ou perda de vôos.

Agora vem a parte da hospedagem.
Eu prefiro de escolher o lugar mais barato, para gastar nas atrações turisticas do destino. Mas antes de fechar com o primeiro que encontro, procuro a hospedagem mais próxima da maioria dos pontos turisticos levantados inicialmente, para não ter tantos gastos com locomoção até esses pontos turisticos.

Para procurar as hospedagens uso o hoteis.com / google / decolar.com Mas não fecho diretamente com essas fontes, também entro em contato com o hotel, para saber se os valores estão certos e negociar descontos no período que ficarei.

Muitas pessoas não gostam da idéia de albergue, quartos compartilhados ou qualquer outra coisa do gênero. A maioria, também dispõe de quartos privativos. A rede HI (Hostelling International) segue um padrão bacana de albergue, é um pouco mais caro, mas você tem conforto, segurança, utilidade como fontes de energia privativa e armários e vários outros.

Curiosidade: Em minhas viagens geralmente acabo viajando sozinho… E em todas fiz amizades que mantenho contato ate hoje. Engraçado que mesmo não falando inglês ou qualquer outro idioma, é incrível como conseguimos nos comunicar e ser entendidos !!!

Geralmente quando chego no hotel, a primeira coisa que faço é pedir um mapa da região, me localizar e pegar dicas com a pessoa da recepção. Principalmente como chegar nas opções de passeios.

Para quem tem smatphone uma outra opcão é baixar o mapa do destino e se localizar por lá. Como tenho iphone, uso muito o google maps, para me achar e saber qual transporte pegar.

Cuidados:
Atenção: antes de viajar entre em contato com sua operadora de celular e pergunte sobre os custos do uso do seu número fora da sua região. Na maioria das vezes compensa mais comprar um chip local, em alguns paises existe o chip pre pago 3G com facilidades de DDI !!!

Um dica legal, é o Mc Domalds. Não é muito saudável, mas pelo menos é um estabelecimento que vc conhece, sabe que é limpo e tem um padrão de atendimento. O melhor é que na maioria tem wifi grátis.

Aqui no brasil eu me aventuro com qualquer alimento. Mas fora, já fico mais seletivo.

Evito saladas, tento pegar o prato mais comum ou aquele que conheço. Quando estou viajando não economizo com alimentação, então prefiro comer em algum lugar caro que tenha credibilidade e imagem, nesse lugar as chances de passar mal devido a algum alimento diminui e principalmente o prazer de comer aquela comida típica digna de foto !

Seguro viagem:
É importante sempre ter um seguro viagem, principalmente para nos que montamos nosso próprio pacote.
Existem seguros para todo tipo de coberturas, os principais são exatravio de malas, medicação simples, acidentes simples.
Para quem faz a compra da passagem aérea com cartão de credito gold ou platinum já tem direito a um seguro, e importante entrar em contato com seu banco para saber como acionar o seguro.

Super importante: avise sempre seu banco sobre sua viagem e locais que estará e no período que estará.
Mesmo que seu cartão seja internacional ele e fica com um bloqueio para uso fora do brasil, a pior coisa e ir as compras de deixar as compras pq o cartão bloqueou. É desesperador.

Espero que essas dicas tenham sido úteis.

Aquele Abraço.

Sobre @MaurivanSB

Todos os dias você deveria fazer algo que te de muito medo ... Isso lembra que você ainda vive ...
Galeria | Esse post foi publicado em Dicas de Viagens, Viagens e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Como montar seu próprio roteiro de viagens: Planejamento de viagem

  1. Excelente post!!! Vc é o cara mesmo!!! Eu mesmo não sabia a diferença de voo com escala e conexão, achava que era a mesma coisa e tbm as questões do Seguro Viagem, Celular e Cartão de Crédito são super importantes e ficaram bem explicadas. Vlw

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s