Rota CicloTuristica Márcia Prado

20130109-093025.jpgMarcia prado foi uma ciclista que morreu atropelada por um onibus na av. Paulista em 2009.

A ciclovia ganhou seu nome pois uma semana antes de morrer ela fez esse trajeto.

Em minha lista de coisas pra fazer antes de morrer tem um item de descer para o litoral de bike. Na época pensei que as únicas formas seriam pela Imigrantes, Anhanguera ou Mogi-Bertioga, que são vias perigosas e em alguns pontos estreitas.

Quando fiquei sabendo dessa rota, fiquei animado para descer!

Meus amigos (Eriston e Igor) encontraram no site http://pedivelabikeclubepp.blogspot.com.br/ dicas e macetes de como descer e não ser pegos de surpresa.

É uma rota cicloturistica muito bonita, mas não tem assistência, e em alguns pontos passa por bairros bem simples. Uma observação é que apesar das várias descidas animais, tem muitas subidas … Então a pessoa precisa ter preparo e resistência se quiser fazer todo o trajeto em cima da bike.

20130109-092943.jpg

20130109-093003.jpg

Nao é liberado pelas autoridades a descida, pelo fato de não ter seguranças e assistência. Mas ninguém te impede.

Quando fomos na chegada da primeira balsa o pneu da minha bike estourou. A camara de ar não era boa, enchi demais e furou bem na dobra. A sorte é que tinhamos levado uma camara extra.

Na chegada à segunda balsa foi a vez do pneu do Eriston furar. Como nao tinhamos mais camara de ar reserva a preocupação começou a aparecer pois ainda estavamos no começo. Nos 10 primeiros kilometros do passeio.

20130109-092956.jpg

Por sorte um grupo de ciclistas estavam passando e eles tinham um desses remendos de adesivos.

Foi o que nos salvou, mas a preocupação permaneceu pois boa parte do trajeto é de chão de terra com buracos.

Com atenção seguimos. Nesse momento a fome já apertava e nao tinha nenhum estabelecimento para se alimentar. Tinhamos que chegar até a Imigrante para almoçar no rancho da pamonha. Foi um caminho longo ate lá.

Essa parada é obrigatoria, pois Apartir desse ponto não teria mais lanchonetes, ou algum ponto que pudéssemos ter ajuda. É a metade do caminho, faltando só mais 45k para chegar em Santos.

20130109-093014.jpgApós revisar as bike, iniciamos a descida, chegamos até a tão falada rota Márcia prado, como já mencionado não tem assistência apesar de estar abandonada a via até esta bem preservada. O chão de asfalto sem buracos. Só tem que ter cuidado com as folhas molhadas no asfalto.

Essa região é de neblina, então o clima e asfalto estão umidos.

As descidas são d+, mas deve-se ter cautela, pois não tem sinalização de limites de velocidades e algumas curvas são fechadas tendo que diminuir bem a velocidade. O grande problema é que o parapente é baixo. Se você seguir reto poderá cair pelo abismo.

Em toda bifurcação tem a sinalizações de bicicletas no pintadas no asfalto, mostrando qual é o caminho certo. Deve-se prestar muita atenção por que em alguns pontos essas bicicletinhas estão meio apagada.

É possivel em alguns pontos passar alguns carros, pois essa via também é uma rota de emergência. Quem conhece geralmente usa para cortar caminho.

No final dela chega à imigrantes, onde a descida tem que ser pela rodovia.

Tem que prestar atenção pois se o objetivo é ir para Santos em um certo ponto você precisa atravessar e pegar a via para Santos/São Vicente.

Na chegada a Santos as decidas já acabaram agora é pedalar até o centro ou litoral.

Quando fomos nossa viagem levou aproximadamente 8 horas, percorrendo 73k de bike. Chegamos em santos por volta de 19:00. Como ja era noite e estavamos muito cansados apenas comemos no MC e compramos as passagens para subir de ônibus (18,00) até o Jabaquara (bikes no bagageiro).

Essa aventura animou/incentivou à descer mais vezes e por outras vias também.

Caso tenha interesse deixe seu comentário abaixo.

Aquele abraço.

 

Sobre @MaurivanSB

Todos os dias você deveria fazer algo que te de muito medo ... Isso lembra que você ainda vive ...
Galeria | Esse post foi publicado em 2 Rodas, Onde Pedalar e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s