Curso EFR – Primeiros Socorros

Esse curso é um pre-requisito para quem deseja chegar à dive Master ou Master scuba diver.

EFR_logo

O curso de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Primeiros Socorros da Emergency First Response (EFR), prepara você para responder a emergências médicas não apenas no mundo do mergulho.

http://www.emergencyfirstresponse.com

No curso apresenta situações variadas não somente relacionado a mergulho. Já que devemos estar preparados em qualquer situação.

EFR 1O curso tem duração de meio período, além de revisar as principais situações de ação é realizado algumas simulações com um boneco. Nessa simulação deve se entender a situação, observar se não passara por uma situação de perigo durante o contato, e aplicar o conhecimento do curso dependendo da situação da vítima.

Exemplos:

CAUSAS DA PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

– Asfixia.
– Intoxicações.
– Traumatismos.
– Afogamento.
– Eletrocussão (choque elétrico).
– Estado de choque.
– Doenças.

COMO SE MANIFESTA

– Perda de consciência.
– Ausência de movimentos respiratórios.
– Ausência de pulso.
– Cianose (pele, língua, lóbulo da orelha e bases da unhas arroxeadas).
– Midríase (pupilas dilatadas e sem foto reatividade).

images  efr01  images (1)

COMO PROCEDER

– Verifique o estado de consciência da vítima, perguntando-lhe em voz alta: “Posso lhe ajudar”. Você, deve sempre perguntar, se a vítima tiver algum histórico poderá te alertar, na ausência da resposta entende-se que a resposta é sim.
– Trate as hemorragias externas abundantes.
– Coloque a vítima em decúbito dorsal sobre uma superfície dura.
– Verifique se a vítima está respirando.
– Realize a hiperextensão do pescoço. Esta manobra não deverá ser realizada se houver SUSPEITA DE LESÃO NA COLUNA CERVICAL – neste caso realize a tração da mandíbula, sem inclinar e girar a cabeça da vítima.
– Verifique se as vias aéreas da vítima estão desobstruídas aplicando-lhe duas insuflações pelo método boca-a-boca.
– Verifique se a vítima apresenta pulso, caso negativo inicie a massagem cardíaca externa.
– Posicione as mãos sobre o externo, 02 cm acima do processo xifoide.
– Mantenha os dedos das mãos entrelaçados e afastados do corpo da vítima.
– Mantenha os braços retos e perpendiculares ao corpo da vítima.
Inicie a massagem cardíaca comprimindo o peito da vítima em torno de 03 a 05 cm.
– Realize as compressões de forma ritmada procurando atingir de 80 a 100 compressões por minuto.
– Caso esteja desacompanhado deve intercalar duas insuflações a cada 15 compressões. Se estiver acompanhado de outra pessoa com o devido treinamento, deve intercalar uma insuflação a cada 05 compressões.

Dificuldade ou parada respiratória, podendo ser provocada por: choque elétrico, afogamento, deficiência de oxigênio atmosférico, obstrução das vias aéreas (boca, nariz e garganta) por corpo estranho, envenenamento, etc,. A falta de oxigênio pode provocar sequelas dentro de 3 a 5 minutos, caso não seja atendido convenientemente.

emergency_first_response

NÃO INTERROMPA A RCP, MESMO DURANTE O TRANSPORTE, ATÉ A RECUPERAÇÃO DA VÍTIMA OU A CHEGADA DO MÉDICO.

Tive o curso na escola de mergulho Narwall Tatuapé, com o instrutor Datena.

Aquele abraço.

Sobre @MaurivanSB

Todos os dias você deveria fazer algo que te de muito medo ... Isso lembra que você ainda vive ...
Galeria | Esse post foi publicado em Cursos Dive, Mergulho e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s