Petra – Jordânia (09/11)

20121211-103646.jpg

Petra, é uma cidade antiga que foi construída diretamente na rocha. É uma das atuais maravilhas do mundo.

As ruínas de Petra foram objecto de curiosidade a partir da Idade Média, atraíndo visitantes como o sultão Baybars do Egipto, no princípio do século XIII. O primeiro europeu a descobrir as ruínas de Petra foi Johann Ludwig Burckhardt (1812),

20121211-103823.jpg20121211-103843.jpg

O nome Petra vem do grego e significa rocha. Pois quando os primeiros nativos chegaram lá, viram muitas pedras e rochas e, então surgiu a ideia de colocar o nome Petra e traduzido basicamente A cidade das rochas.

Para chegar em Petra você pode pegar um voo até a capital Amman, e pegar algum transporte que vá até Petra.

Eu particularmente optei por ficar em Amman e pegar os serviços indicados pelo hotel para ir até a cidade antiga.
20121211-104008.jpg

Também é possível ficar hospedado no vilarejo que fica na entrada de Petra. Porém não achei tantos atrativos para ficar mais de 1 dia na cidade ….

Para entrar em Petra você paga uma taxa de:

1 dia de passeio 50 dinars (R$ 146,00)
2 dias de passeios 56 dinars. (R$ 163,81)
3 dias de passeios 60 dinars. (R$ 175,52)

Além da cidade em si, uma das coisas que impressiona e aumenta a espectativa é a chegada até as construções antigas, você passa por um corredor de um 500 mts de paredoes de rochas, até a chegada na entrada da cidade.

Para atender o turismo, existe banheiros, lixeiras e estabelecimentos vendendo bebidas e salgadinhos e doces. O curioso é que alguns aceitam cartões !!!

20121211-103856.jpg20121211-103944.jpg

20121211-103913.jpg

Realmente é uma cidade, muito grande e com belas construções.

Um dos mais belos pontos é o monastério, que fica no alto de uma colina, para se chegar lá precisa ter pique e folego, pois a subida é longa, mas a vista é sensacional.

Existe serviços de taxi, em camelos, cavalos, burros e xarretes.

20121211-103736.jpg20121211-103720.jpg

Sendo os cavalos para a chegada na entrada na rocha, as charetes para a chegada na cidade, os camelos para poucas distancias e fotos e os burros para a sumida no monasterio.

Lá em baixo, no inicio antes da sumida no monasterio existe um restaurante.

Além de Petra, não encontrei outros atrativos na cidade ou no País, então optei por ficar somente 2 dias na cidade.

A moeda local é o Dinar (JOD), que equivale cada R$ 1,00 à $0,34 JOD.

Durante a motangem do meu roteiro, fiquei com receio de passar pouco tempo em alguns lugares, em Petra fiquei somente 2 dias, contando com a chegada e saída, que foram suficientes, consegui conhecer a maravilha do mundo e pesquisar se realmente não estava deixando nada passar …

Uma coisa curiosa é que eu não falo inglês, e no hotel o recepcionista queria ter certeza que eu estava entendendo o que ele estava falando, foi quando ele pegou um notebook, acessou o Google Translate e nos começamos à revisar meus roteiros de passeios! Show de bola …

Além de seus comentários , caso tenha interesse em conhecer a Jordânia ou Petra, deixe abaixo seu contato e época do ano que pretende ir.

Aquele Abraço.

Sobre @MaurivanSB

Todos os dias você deveria fazer algo que te de muito medo ... Isso lembra que você ainda vive ...
Galeria | Esse post foi publicado em Internacionais, Viagens e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Petra – Jordânia (09/11)

  1. Pingback: Petra | Eu Tambem Quero Ir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s