Arquiteturas Cloud

Como o objetivo da Cloud Computing é aumentar produtividade, trazendo maior escalabilidade e flexibilidade, ela utiliza de estruturas como SaaS, Paas e IaaS (estas sendo as principais), para garantir que o usuário consiga utilizar esta tecnologia de forma ágil e segura.

1.1.1    SaaS

Segundo a ArtsoftSistemas (2015, p.1):

SaaS é uma forma de comercialização e distribuição de softwares, no qual o fornecedor é responsável pela estrutura necessária para a disponibilização do serviço, como servidores, conectividade e segurança da informação permitindo assim que o cliente possa acessar todos os programas e suas funções por meio de um navegador com acessa a internet.

Basicamente, SaaS (Software como Serviço) o usuário não se preocupa com nada (instalação e licenças dos programas), apenas em ter um navegador com acesso à internet já é o suficiente para poder utilizar os serviços.

Figura 4: Saas

Fonte: ArtsoftSistemas (2015)

Um bom exemplo de Saas são os webmails muito utilizados hoje em dia, no qual você acessa a página web e em questão de segundos tem seus e-mails a disposição.

1.1.2    PaaS

Para EMC (2015, p.1):

PaaS (Platform as a Service, plataforma como serviço) é um ambiente computacional acessado por uma rede de um provedor de serviços, conforme a necessidade. A PaaS é usada para desenvolver e executar software como uma alternativa para projetar, construir e instalar um ambiente de produção e desenvolvimento interno.

Ou seja, oferece uma plataforma completa para o desenvolvimento, compilação, teste entre outros serviços de software, sem a necessidade de comprar e gerenciar hardware para estas tarefas. Com isso a diminuição de custos é grande, além de poder escalar dados sem ter que lidar com ambientes físicos diretamente.

Figura 5: PaaS

Fonte: EMC (2015)

Um exemplo de utilização, é a hospedagem de sites onde se pode fazer alterações e implementações totalmente online.

1.1.3    IAAS

Refere-se ao fornecimento de infraestrutura computacional (geralmente em ambientes virtualizados) como um serviço. Em vez de o cliente comprar servidores para uma determinada aplicação, ele contrata um serviço dentro de um datacenter proporcional aos seus requisitos de infraestrutura e tem acesso completo à plataforma e ao software. (TIESPECIALISTAS, 2016).

Figura 6: IaaS

Fonte: TIESPECIALISTA (2016)Ou seja, neste modelo IaaS (Infraestrutura como Serviço) o contratado é os hardwares geralmente servidores, no qual o custo é sobre alguns fatores como: número de servidores virtuais, dados armazenados, quantidade de dados trafegados entre outros gerando uma fatura para utilização do serviço. Com isso, toda a questão de gerenciamento e manutenção dos equipamentos fica por conta da contratada.

Sobre @MaurivanSB

Todos os dias você deveria fazer algo que te de muito medo ... Isso lembra que você ainda vive ...
Galeria | Esse post foi publicado em Cloud, Tecnologia e marcado , , , . Guardar link permanente.